Prêmio ABA de Ensino de Antropologia

II Edição – Resultado do Prêmio ABA de Ensino de Antropologia 2022 / 33ª RBA

Categoria “Excelência no Ensino de Antropologia no Brasil”:
  • Profa. Dra. Miriam Pillar Grossi (UFSC)
Categoria “Melhor Trabalho de Ensino de Antropologia no Brasil”
  • Messias Basques (Afro-Latin American Research Institute – Universidade de Harvard)

    “Vozes Negras na Antropologia”

Menção honrosa
  • Juliane Bazzo (UFGD)
    “Experimentos sônicos na pandemia de Covid-19 de uma professora de antropologia nas bordas universitárias”
  • Guilherme Rodrigues de Rodrigues (UFPel)
    “Blogueiras: ensino, pesquisa, extensão e divulgação científica em Antropologia”
Categoria “Excelência no Ensino de Antropologia no Brasil”
  • Neusa Maria Mendes de Gusmão (Unicamp)
Categoria “Melhor Trabalho de Ensino de Antropologia no Brasil”
  • Rafael Palermo Buti (UNILAB)
    “História Quilombola no Chão: no caminho para o ensino de uma antropologia imersa na vida”
Menção Honrosa:
  • John Burdick (in memorian, Universidade de Syracuse)Jeffrey Garmany (Universidade de Melbourne), Michelle Lima Domingues (Universidade Federal Fluminense), Priscila Tavares dos Santos (Universidade Federal Fluminense), Roberto Gomes dos Santos (Central de Movimentos Populares, Quilombo da Gamboa e Vitto Giannotti), Rolf Ribeiro de Souza (Universidade Federal Fluminense) e Émilie B. Guérette (cineasta pelo Institut de l’Image et de Son, Montréal)
    ““ETNOQUÊ? Vídeos de Introdução ao Método de Pesquisa-Ação Etnográfica””
Skip to content