Comissão de Assuntos Indígenas

A Nova Investida do Setor Agropecuário e o Etnocídio Indígena no Cerrado

A Associação Brasileira de Antropologia – ABA, junto com sua Comissão de Assuntos Indígenas – CAI, vem por meio desta manifestar extrema preocupação com o uso político que está sendo feito do povo indígena Xavante pelo Governo Federal, como laboratório para sua “política indigenista”. O caso a que nos referimos é o da Cooperativa Indígena …

A Nova Investida do Setor Agropecuário e o Etnocídio Indígena no Cerrado Leia mais »

Estratégia de desinformação sobre a vacinação põe em risco vidas indígenas

A Associação Brasileira de Antropologia (ABA), junto com sua Comissão de Assuntos Indígenas e seu Comitê de Antropólogxs Indígenas, e em colaboração com a Articulação Brasileira de Indígenas Antropóloges (ABIA), vem por meio desta informar à sociedade brasileira e em especial ao Ministério Público Federal (MPF), que ao longo da última semana chegaram até nós, …

Estratégia de desinformação sobre a vacinação põe em risco vidas indígenas Leia mais »

Nota da ABA contra a Resolução nº 4, de 22 de janeiro de 2021/ FUNAI

A Associação Brasileira de Antropologia (ABA), junto com sua Comissão de Assuntos Indígenas, seu Comitê de Antropólogxs Indígenas e seu Comitê de Laudos Antropológicos, e em colaboração com a Articulação Brasileira de Indígenas Antropóloges (ABIA), vem manifestar-se contra a Resolução nº 4, de 22 de janeiro de 2021/FUNAI, publicada no Diário Oficial da União de …

Nota da ABA contra a Resolução nº 4, de 22 de janeiro de 2021/ FUNAI Leia mais »

Nota de repúdio à violência contra os indígenas Gamela da comunidade Morro D’água, no estado do Piauí

Por meio desta nota, a Associação Brasileira de Antropologia – ABA, junto com a sua Comissão de Assuntos Indígenas, o Comitê de Antropólogxs Indígenas e o Comitê de Laudos Antropológicos, em colaboração com a Articulação Brasileira de Indígenas Antropóloges  – ABIA, vêm a público repudiar os atos de violência contra integrantes do povo indígena Gamela …

Nota de repúdio à violência contra os indígenas Gamela da comunidade Morro D’água, no estado do Piauí Leia mais »

Alerta da ABA Curso – Lato Sensu em Antropologia proposto pela FUNAI

A Associação Brasileira de Antropologia (ABA), junto com suas Comissões de Assuntos Indígenas, de Educação, Ciência e Tecnologia e seus Comitês de Laudos, de Quilombos, de Povos Tradicionais, Meio Ambiente e Grandes Projetos, e de Inserção Profissional, manifesta profunda preocupação frente à informação divulgada pela imprensa[1] sobre proposta de curso de pós-graduação em Antropologia, lato …

Alerta da ABA Curso – Lato Sensu em Antropologia proposto pela FUNAI Leia mais »

Nota sobre a “Missão de Saúde Xavante”

Ao tomar conhecimento de significativas tensões geradas entre indígenas xavante, oriundas de procedimentos de combate à COVID-19 por parte do governo, a Associação Brasileira de Antropologia (ABA), juntamente com a sua Comissão de Assuntos Indígenas (CAI), vem fazer algumas considerações a respeito da “Missão de Saúde Xavante”. Cabe observar que dentre os 315 povos indígenas …

Nota sobre a “Missão de Saúde Xavante” Leia mais »

Nota da ABA em repúdio ao PLC 17/2020 em tramitação na Assembléia Legislativa de Mato Grosso

A Associação Brasileira de Antropologia (ABA), junto com a sua Comissão de Assuntos Indígenas (CAI), vem através desta manifestar seu mais profundo repúdio ao Projeto de Lei Complementar Nº 17/2020, que tramita na Assembleia Legislativa de Mato Grosso. Enviado pelo governador Mauro Mendes, o referido PLC, que foi aprovado em primeira votação no dia 17 de junho …

Nota da ABA em repúdio ao PLC 17/2020 em tramitação na Assembléia Legislativa de Mato Grosso Leia mais »

Nota de pesar da ABA e sua Comissão de Assuntos Indígenas – CAI sobre os óbitos de indígenas atribuídos a Covid-19

NOTA DE PESAR A Associação Brasileira de Antropologia (ABA), por intermédio da sua Comissão de Assuntos Indígenas (CAI) vem à público manifestar o seu mais profundo pesar pelos 315 óbitos de indígenas ocorridos no Brasil até esta data, atingidos diretamente pela COVID-19. A informação provém da Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (APIB), que criou …

Nota de pesar da ABA e sua Comissão de Assuntos Indígenas – CAI sobre os óbitos de indígenas atribuídos a Covid-19 Leia mais »

Porque é imprescindível a presença de antropólogas e antropólogos nas ações de atenção à saúde indígena: uma crítica à perspectiva equivocada da SESAI

A Associação Brasileira de Antropologia (ABA) vem por intermédio desta nota esclarecer os povos e organizações indígenas, a sociedade civil brasileira e o Ministério Público Federal (MPF), que chegou ao nosso conhecimento a informação de que, sob a alegação da necessidade de “reestruturação” dos cargos dos Distritos Sanitários Especiais Indígenas (DSEI), a Secretaria Especial de …

Porque é imprescindível a presença de antropólogas e antropólogos nas ações de atenção à saúde indígena: uma crítica à perspectiva equivocada da SESAI Leia mais »

Nota da ABA de repúdio à Instrução Normativa Nº 9/2020 da FUNAI, que desconsidera parte maciça dos processos de regularização fundiária do próprio órgão indigenista, acentuando os riscos aos povos indígenas e a seus territórios no País

A Associação Brasileira de Antropologia, junto com a sua Comissão de Assuntos Indígenas (CAI) e o seu Comitê de Laudos, vem aqui manifestar seu mais profundo repúdio à Instrução Normativa Nº 9/ 2020, emitida pelo presidente da FUNAI e recentemente publicada no Diário Oficial da União. Tal instrumento representa um claro e agudo atentado ao …

Nota da ABA de repúdio à Instrução Normativa Nº 9/2020 da FUNAI, que desconsidera parte maciça dos processos de regularização fundiária do próprio órgão indigenista, acentuando os riscos aos povos indígenas e a seus territórios no País Leia mais »

Skip to content