Roberto Pinheiro

Informativo nº 01/2022 | 14/01/2022

Informativo nº 01/2022 | 14/01/2022   Visite o Portal da ABA | www.portal.abant.org.br Acompanhe a ABA nas redes sociais: Informativo nº 01/2022 | 14/01/2022 destaques da ABA 33ª RBA – Reunião Brasileira de Antropologia Envio de propostas de GTs até o dia 15 de fevereiro de 2022. Confira a Chamada de Trabalhos Site 33ª RBA: https://www.33rba.abant.org.br/ …

Informativo nº 01/2022 | 14/01/2022 Leia mais »

Governo Federal abandona a população indígena à própria sorte em situações de vulnerabilidade e risco

No dia 29 de dezembro passado o governo federal demonstrou, mais uma vez, de que pretende levar adiante o seu projeto de revisar e desconstituir os direitos conquistados constitucionalmente pelos povos indígenas no país, em particular o direito à terra e aos seus territórios tradicionais. Em comunicado enviado às Coordenações Regionais (CRs), Serviços de Gestão …

Governo Federal abandona a população indígena à própria sorte em situações de vulnerabilidade e risco Leia mais »

Sinal de alerta – A simplificação do licenciamento ambiental e os desastres anunciados em Minas Gerais

Neste início de 2022, o incremento das chuvas no estado de Minas Gerais tem evidenciado os desdobramentos nefastos de processos que o comitê de trabalho Povos Tradicionais, Meio Ambiente e Grandes Projetos da Associação Brasileira de Antropologia (ABA) vem denunciando como consequências do desmonte ambiental, com ênfase na chamada flexibilização do licenciamento ambiental e a …

Sinal de alerta – A simplificação do licenciamento ambiental e os desastres anunciados em Minas Gerais Leia mais »

Pelo respeito ao patrimônio e aos direitos culturais das populações afro-brasileiras

Os últimos anos têm sido marcados por uma série de atos de desrespeito ao patrimônio cultural do Brasil, sobre os quais a Associação Brasileira de Antropologia (ABA) tem se manifestado recorrentemente. O desmonte das instituições e políticas de cultura no país afronta a legislação nacional e revela-se tanto mais grave para o patrimônio de determinados …

Pelo respeito ao patrimônio e aos direitos culturais das populações afro-brasileiras Leia mais »

Comunicado / Atendimento Secretaria Administrativa:

O atendimento da Secretaria Administrativa da ABA está ocorrendo de forma remota, de 9h às 17h, por e-mail e telefone. Contatos para assuntos relacionados a associados/as e demais questões da ABA: aba@abant.org.br, (61) 98594-9104; Contatos para assuntos relacionados a 33ª RBA: rba@sinteseeventos.com.br, (11) 99925-5503. Agradecemos a compreensão de todos/as e destacamos o compromisso da nossa Associação em …

Comunicado / Atendimento Secretaria Administrativa: Leia mais »

7ª Reunião Equatorial de Antropologia/REA

A “7ª Reunião Equatorial de Antropologia/REA, Migrações, deslocamentos e diásporas: violações de direitos” está sendo organizada pelo Núcleo Histórico Socioambiental/NUHSA, Universidade Federal de Roraima/UFRR, cuja proposta é dar continuidade a política de visibilidade nacional e internacional da produção antropológica, viabilizando novas oportunidades de parceria e colaboração acadêmica, aspectos fundamentais para consolidação dos Programas de Pós-Graduação. …

7ª Reunião Equatorial de Antropologia/REA Leia mais »

Nota Técnica da Associação Brasileira de Antropologia sobre as ações afirmativas consignadas na Lei 12.711 de agosto de 2012 e atualizada pela Lei 13.409 de dezembro de 2016

A Associação Brasileira de Antropologia (ABA), junto com seu Comitê de Antropólogas/os Negras/os, Comitê Quilombos, Comitê de Antropologxs Indígenas, Comitê Gênero e Sexualidade, Comitê Migrações e Deslocamentos, Comissão de Assuntos Indígenas, Comissão de Direitos Humanos, Comitê Deficiência e Acessibilidade e Comissão de Educação, Ciência e Tecnologia, vêm por meio desta afirmar a importância da continuidade …

Nota Técnica da Associação Brasileira de Antropologia sobre as ações afirmativas consignadas na Lei 12.711 de agosto de 2012 e atualizada pela Lei 13.409 de dezembro de 2016 Leia mais »

O Governo Federal deve retirar os garimpeiros da Terra Indígena Yanomami e Ye’kwana e implantar um consistente Plano Emergencial

A Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco) e a Associação Brasileira de Antropologia (ABA) vêm, por meio desta nota, expressar indignação diante da atitude omissa e conivente do Governo Federal com a situação alarmante vivida pelo Povo Yanomami, decorrente em grande medida da ocupação do seu território tradicional pela indústria do garimpo, que nos últimos …

O Governo Federal deve retirar os garimpeiros da Terra Indígena Yanomami e Ye’kwana e implantar um consistente Plano Emergencial Leia mais »