Informativos

Informativo nº 27/2020 | 27/11/2020

 
Visite o Portal da ABA | www.portal.abant.org.br
Acompanhe a ABA em suas redes sociais  
Informativo nº 27/2020 | 27/11/2020
destaques da ABA
32ª Reunião Brasileira de Antropologia – RBA

A 32ª Reunião Brasileira de Antropologia – RBA, com tema Saberes Insubmissos: diferenças e direitos, foi realizada de modo remoto entre os dias 30 de outubro e 6 de novembro de 2020.

Os certificados estão disponibilizados através da área de inscrito ou clicando em Certificados, localizado no menu superior do site da 32ª RBA.

Site: http://www.32rba.abant.org.br/
Dúvidas e informações: 32rba@abant.org.br

Nota da ABA sobre o assassinato de João Alberto Silveira Freitas

Através de seu Comitê de Antropólogas/os Negras/os e com apoio da Comissão de Direitos Humanos, do Comitê Cidadania, Violência e Gestão Estatal e do Comitê de Estudos Africanos, a Associação Brasileira de Antropologia (ABA) vem se manifestar publicamente sobre o assassinato de João Alberto Silveira Freitas e pedir enérgicas providências das autoridades brasileiras no sentido de definir culpas e responsabilidades.

A cidade de Porto Alegre/RS, possui um histórico marcante na luta antirracista e por Direitos Humanos. A capital gaúcha foi berço do 20 de Novembro, data consagrada no Brasil como o “Dia da Consciência Negra”. Foi lá que, em 1971, o Grupo Palmares, formado por intelectuais e militantes negras e negros, dentre os quais destacou-se a figura do poeta e professor Oliveira Silveira (1941-2009), demandou o protagonismo negro como referência histórica nacional. A cidade também foi palco, bem como potência crítica e criativa, durante os anos em que sediou o Fórum Social Mundial (2001-2005). Naquele período, movimentos sociais diversos, nacionais e internacionais cunharam o slogan  “Um outro mundo é possível”. Nesta última década, Porto Alegre foi reconhecida pelo Alto Comissariado das Nações Unidas (ACNUR) como cidade solidária de acolhimento a refugiados.

Foi na sequência desses esperançosos eventos que, em 2019, durante a XIII Reunião de Antropologia do Mercosul, realizada na Universidade Federal do Rio Grande do Sul, teve início a criação do Comitê de Antropólogas/s Negras/os da ABA, momento histórico para a antropologia brasileira. O Comitê visa uma atuação científica diversa, inclusiva e comprometida com valores caros ao campo da antropologia, tais como ética, defesa de grupos sociais historicamente marginalizados, compromisso com a pauta de direitos humanos, centralidade na luta antirracista, consolidação da democracia, da educação pública e da autonomia universitária. Essa atuação encontrou eco, neste ano de 2020, durante a 32a Reunião Brasileira de Antropologia pelo alinhamento teórico-político com o tema proposto: saberes insubmissos, diferenças e direitos. Nessa linha, também incorporamos a Comissão de Direitos Humanos da ABA, atuante desde 1998, em prol da defesa dos direitos humanos, em especial dos grupos vulnerabilizados pelas políticas de Estado resultantes na negação de direitos e cidadania, nessa manifestação como formade somar esforços e vozes contra as diversas formas de violência física e moral.

Por tudo isso, não podemos nos calar ou emitir apenas mais uma nota de repúdio diante de um 20 de Novembro, em que a cidade de Porto Alegre amanheceu ensanguentada. E esse sangue, sintomático da violação de Direitos Humanos em que “vidas negras não importam”, era de João Alberto Silveira Freitas. Um homem negro assassinado em espaço público por forças de segurança de um estabelecimento comercial,  especificamente no supermercado da empresa Carrefour. Para que o nome de João Alberto não se some ao nome de Júlio César de Mello Pinto, assassinado nos mesmos moldes em maio de 1987, e assim tenhamos mais um “caso do homem errado”,  entre osmilhares de assassinatos de pessoas negras no nosso país,  é que não lavamos nossas mãos e pedimos paz, mas erguemos nossas mãos e exigimos justiça. Por isso, exigimos que as autoridades brasileiras, encarregadas de investigar o caso, o façam com a maior eficiência, rapidez e transparência possíveis, contribuindo não apenas para punir os culpados da morte de João Alberto, mas também para que se discuta a responsabilidade social e coletiva implicadas no racismo estrutural com suas inaceitáveis consequências.

Brasília, 24 de novembro de 2020.

Associação Brasileira de Antropologia; seu Comitê de Antropólogas/os Negras/os; sua Comissão de Direitos Humanos; seu Comitê Cidadania, Violência e Gestão Estatal; e seu Comitê de Estudos Africanos

Leia aqui a nota em PDF.

Atividade da ABA na 72ª Reunião Anual da SBPC

Mesa-redonda: VIOLÊNCIA ESTATAL, VIOLAÇÃO DE DIREITOS E CRIMINALIZAÇÃO DAS LUTAS SOCIAIS NO BRASIL CONTEMPORÂNEO (ABA)
Data: 04 de dezembro de 2020, às 15h
Link de transmissão no TV ABA : https://youtu.be/daVK29hn_zA

Boletim Cientistas Sociais e o Coronavírus

Vibrant

A VIBRANT, revista da Associação Brasileira de Antropologia, tem como objetivo disseminar o conhecimento da Antropologia Brasileira em todo o mundo, publicando artigos em inglês, francês e espanhol, abre chamada de artigos chamada de artigos para o dossiê “Indigenous Peoples, tribunals, prisons, and legal and public processes in Brasil and Canada”, Publicação prevista até 31 de agosto de 2021. Data final de submissão de artigos: 30 de dezembro de 2020. Informações: http://www.vibrant.org.br/call-for-papers-indigenous-peoples-tribunals-prisons-and-legal-and-public-processes-in-brasil-and-canada/.

A new issue of Vibrant – Virtual Brazilian Anthropology is now available: Vibrant – Volume 17 contains the dossier “Anthropology in times of intolerance: challenges facing neoconservatism”. Available at http://www.vibrant.org.br/lastest-issue-v-17-2020/.

Novos Debates

Número atual: v.5, n.1-2
http://abant2.hospedagemdesites.ws/novos_debates/2020/10/07/v5n1-2/

eventos
Eventos no Brasil
XL Congresso da Sociedade Brasileira de Computação (CSBC)

Tema: Artificialmente humano ou Humanamente artificial? Desafios para a sociedade 5.0
Data: 16 a 20 de novembro de 2020
Local: Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) – formato on-line
Informações: http://www2.sbc.org.br/csbc2020/

Encontro Aberto – Educação e Diversidades

Data: 18 de novembro de 2020, às 17h
Link de transmissão: https://youtu.be/KmtNxlgE98M

Feira virtual de livros – ANPOCS 2020

Data: 01 a 11 de dezembro de 2020, funcionamento 24 horas, até às 23h59min
Período para Reserva de Espaço: 10 a 25 de novembro de 2020
Informações: https://www.anpocs2020.sinteseeventos.com.br/conteudo/view?ID_CONTEUDO=1083

Eventos no Exterior
VI Congreso de la Asociación Latinoamericana de Antropología (ALA)

Tema: Desafíos Emergentes: Antropologías desde América Latina y el Caribe
Data: 23 a 28 de novembro de 2020
Informações: http://ala2020.com.uy/

IUAES Congress 2020

Data: 09 a 14 de março de 2021
Informações: https://iuaes2020.conventuscredo.hr/
Dia 31 de dezembro de 2020 encerra o prazo para o envio de propostas de trabalhos

VI Congreso Mexicano de Antropología Social y Etnología

Tema: Nuevas fronteras – Diásporas, movilidades y cuerpos
Data: 16 a 19 de março de 2021
Informações: https://comase.org/

Exposições
Imagens de uma Zululândia Pós-Moderna

por Juliana Braz Dias
https://spark.adobe.com/page/IWqWFcffr9uu9/

oportunidades
Pós-graduação
Mestrado e Doutorado na UFPR

A Coordenação do Programa de Pós-Graduação em Antropologia da Universidade Federal do Paraná – UFPR, torna pública a seleção para Mestrado e Doutorado para as turmas de 2021. Inscrições até 11/01/2021. Informações: www.humanas.ufpr.br/portal/ppga/ .

publicações
Revistas – Novos números

Amazônica – Periódico científico transnacional, voltado a promover o debate, a construção do conhecimento e a veiculação de resultados de pesquisas científicas relativas às populações amazônicas – v. 12, n. 1 (2020) – periodicos.ufpa.br – https://periodicos.ufpa.br/index.php/amazonica/issue/view/436/showToc.

Áltera – Revista de Antropologia do Programa de Pós-Graduação em Antropologia da Universidade Federal da Paraíba – Volume 2, do número 10 – https://periodicos.ufpb.br/index.php/altera/issue/view/2581.

 

fotocronografias – O portal fotocronografias objetiva divulgar ensaios fotográficos que resultem de pesquisas etnográficas e de estudos antropológicos – Vol.06 num.15–2020 — Etnografias do Confinamento – https://medium.com/fotocronografias/vol-06-num-15-2020-etnografias-do-confinamento-33af6dbb010.

RBSE – Revista Brasileira de Sociologia da Emoção, do GREM Grupo de Pesquisa em Antropologia e Sociologia das Emoções (PPGA/DCS/UFPB) – Volume 19 – Número 57 – Dezembro de 2020 – https://grem-grei.org/suplementos-especiais-rbse/.

O Plural, Antropologias da América Latina e do Caribe – Revista da Associação Latino-Americana de Antropologia, é definida como um periódico para a disseminação de pesquisas e atividades relacionadas a antropologias e ciências sociais relacionadas, publicada eletronicamente em acesso aberto ("Acesso Aberto") e divulgação e distribuição gratuitas – Vol. 3 Nº 5 (2020) – Número 5 (janeiro – junho de 2020) – Vol. 3 Núm. 5 (2020): Plural. Antropologias desde América Latina y del Caribe. Número 5 (enero – junio 2020) | Plural. Antropologías desde América Latina y del Caribe (asociacionlatinoamericanadeantropologia.net).

Livros – Lançamentos 2020
Prisões, sexualidades, gênero e direitos: Desafios e proposições em pesquisas contemporâneas

BALDANZI ,Ana Camilla de Oliveira Baldanzi; UZIEL, Anna Paula; DA ROCHA, Bárbara Silva; HERNÁNDEZ, Jimena de Garay; D'ANGELO, Luisa Bertrami; E SILVA, Martinho Braga Batista; PADOVANI, Natália Corazza; DE LIMA, Vanessa Pereira, (Orgs.)(2020). Prisões, sexualidades, gênero e direitos: Desafios e proposições em pesquisas contemporâneas. Editora da UFPE. https://eduerj.com/eng/?product=prisoes-sexualidades-genero-e-direitos-desafios-e-proposicoes-em-pesquisas-contemporaneas

A Folia do Divino: devoção e diversão da festa do Espírito Santo em Pirenópolis, Goiás

VEIGA, Felipe Berocan (Autor)(2020). A Folia do Divino: devoção e diversão da festa do Espírito Santo em Pirenópolis, Goiás. Editora Autografia. https://www.autografia.com.br/categoria-produto/festa-do-divino/

notícias da mídia/outras
Decisão do STF, que determinou o prosseguimento da demarcação da Terra Indígena Taunay-Ipegue, dos Terena. A decisão cita o laudo antropológico

Ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal (STF), derrubou ontem (17/11) a liminar que impedia a continuidade da demarcação da Terra Indígena Taunay-Ipegue, localizada no município de Aquidauana, Mato Grosso do Sul.

Em 13.09.2016, o então relator do Mandado de Segurança, ministro Luiz Lux, havia deferido liminar para suspender a demarcação da terra indígena.

Agora, em decisão fundamentada, o ministro Dias Toffoli deixa claro que ”jurisprudência desta Suprema Corte é pacífica acerca da impossibilidade de se discutir, por meio de mandado de segurança, questões controvertidas que envolvam discussão de fatos e provas, em razão do rito sumário especial da ação não comportar dilação probatória”.

A decisão cita ainda partes do laudo antropológico: “presente proposta teve por base as legítimas reivindicações dos Terena de Taunay-Ipegue que, como já exposto na apresentação, visa superar obstáculos presentes há mais de vinte anos, visto que embora esta terra indígena esteja homologada, em nenhum momento tal homologação foi considerada definitiva pelos Terena dali, pois sua atual superfície é apenas uma ínfima parte de suas terras originais, tendo eles a consciência que, mesmo assim, ainda terão de abrir mão de importantes parcelas de suas terras tradicionais para seus vizinhos purutuyê”.

Decisão importante para o povo Terena. Agora, a Terra Indígena Taunay-Ipegue deve seguir o rito do procedimento demarcatório e ser encaminhado para homologação.

Leia aqui a decisão do STF sobre Tuanay Ipegue.

APIB em conjunto com partidos políticos e entidades ingressaram com ADPF 760 visando a proteção da Amazônia brasileira

Atenção: As ideias, opiniões e informações expostas no informativo e nas redes sociais da ABA são de responsabilidade dos seus autores e autoras, não refletindo, necessariamente a opinião ou posição da ABA.

Associação Brasileira de Antropologia
Antropologia Brasileira: saberes e diálogos na defesa de direitos e diferenças (2019-2020)


Presidente: Maria Filomena Gregori (UNICAMP)
Vice-Presidente: Sérgio Luís Carrara (UERJ)
Secretária Geral: Thereza Cristina Cardoso Menezes (UFRRJ)
Secretário Adjunto: Luiz Eduardo de Lacerda Abreu (UnB)
Tesoureiro: João Miguel Manzolillo Sautchuk (UnB)
Tesoureira Adjunta: Izabela Tamaso (UFG)
Diretoras:
Angela Mercedes Facundo Navia (UFRN)
Manuela Souza Siqueira Cordeiro (UFRR)
Patrice Schuch (UFRGS)
Patricia Silva Osorio (UFMT)

Informativo ABA
Edição: Carine Lemos e Roberto Pinheiro
Diagramação: Roberto Pinheiro

Universidade de Brasília
Campus Universitário Darcy Ribeiro – Asa Norte
Prédio do ICS – Instituto de Ciências Sociais – Térreo – Sala AT-41/29
Brasília/DF Cep: 70910-900
Tel/Fax: (61) 3307-3754


Para correspondência:
Caixa Postal 04491
70.842-970
Brasília/DF

Informativos dos anos anteriores

Informativos 2018
Informativos 2017
Informativos 2016
Informativos 2015
Informativos 2014
Informativos 2013
Informativos 2012
Informativos 2011
Informativos 2010
Informativos 2009 
Informativos 2008
Informativos 2007
Informativos 2006

Informativos

Endereço postal:

Caixa postal 04491
Brasília/DF
CEP: 70842-970

Endereço físico:

UNB - Campus Universitário Darcy Ribeiro - Asa norte
Prédio do ICS - instituto de Ciências Sociais
Térreo - Sala AT-41/29 - Brasília/DF
CEP: 70910-900

Contato:

Fale conosco
E-mail: aba@abant.org.br
Telefone: +55 (61) 3307 3754del>
  Celular: +55 (61) 98594-9104

Horário de funcionamento: De segunda a sexta-feira, de 09h às 17hs

© Copyright 2019 Associação Brasileira de Antropologia - Todos os direitos reservados. Por GB Criação de sites e Temas Wordpress

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support