Prêmio Direitos Humanos

Resultado do Prêmio Antropologia e Direitos Humanos 2018
VIII Edição

Categoria Doutorado

1º Lugar
Elieyd Sousa de Menezes (PPGAS/UFAM) / Orientador: Alfredo Wagner Berno de Almeida
"Trabalho análogo à escravidão nos piaçabais em Barcelos-Amazonas: Entre a 'honra' e a 'judicialização'"

Menção Honrosa
Juliane Bazzo (PPGAS/UFRGS) / Orientadora: Cornelia Eckert
“Da tortuosa elucidação do trágico: a agência da noção de bullying em meio a eventos extremos de violência juvenil"

Categoria Mestrado

1º Lugar
Alexandre Kusler (Programa de Pós-graduação em Ciências Sociais PUCRS) / Orientadora: Fernanda Bittencourt Ribeiro
"A Vida em Devir como forma de Resistência: Etnografia de uma Sobrevivência "entre-políticas""

Menção honrosa
Naiara Maria Santana dos Santos Neves (PPGA/UFBA) / Orientador: Felipe Bruno Martins Fernandes 
"De canoa até o hospital: Processos de transformação e medicalização das práticas de parto em quilombos do Recôncavo Baiano"

Categoria Graduação

1º Lugar
Caroline Silveira Sarmento (Departamento de Antropologia/UFGRS) / Orientadora: Patrice Schuch
"O gênero na rua: um estudo antropológico com as mulheres em situação de rua em Porto Alegre"

Menção Honrosa
Henrique Romanó Rocha (DAN/UnB) / Orientadora: Daniel Schroeter Simião
"O encontro de justiças: transposição e subversão da modernidade em práticas de justiça no Timor-Leste contemporâneo"


Resultado do Prêmio Antropologia e Direitos Humanos 2016
VII Edição

Categoria Doutorado

1º Lugar
Tiago Lemões da Silva (PPGAS/UFRGS) / Orientadora: Patrice Schuch (UFRGS)
Rumores, denúncia e mobilização social: uma disputa pela “verdade” sobre a “violência estatal”

Menção Honrosa
Flavia Medeiros Santos (PPGA/UFF) / Orientador: Roberto Kant de Lima (UFF)
“De criminosa a vítima”: aborto, polícia e direitos humanos na região metropolitana do Rio de Janeiro

Comissão de Avaliação
Coordenação: Gisele Fonseca Chagas
Membros: Ana Paula Mendes de Miranda, Claudia Fonseca, Juliana Mello, Kelly da Silva e Ângela Facundo.

Categoria Mestrado

1º Lugar
Pedro Henrique Mourthé de Araújo Costa (PPGAS/UFSCAR) / Orientadora: Anna Catarina Morawska Vianna (UFSCAR)
“Entre os documentos e as retomadas: movimentos da luta quilombola em Brejo dos Crioulos (MG)”

Menção Honrosa
Lise Vogt Flores (PPGA/UFPR) / Orientadora: Ciméa Barbato Bevilaqua (UFPR)
“Na minha mão não morre”: uma etnografia das ações judiciais de medicamentos

Comissão de Avaliação
Coordenação: Patrice Schuch
Membros: Haydée Caruso, Paula Lacerda, Fernanda Bittencourt Ribeiro, Cristina Patriota

Categoria Graduação

1º Lugar
Miguel Antônio dos Santos Filho (UnB) / Orientador: Daniel Schroeter Simião (UnB)
“O combate à violensia domestika na FOKUPERS: práticas de mediação e de transposição da modernidade em Timor-Leste”

Menção Honrosa
Luciana da Silva Sales Ferreira (UFMG) / Orientadora: Ana Flávia Moreira Santos (UFMG)
“Conflito, mobilização e violações de direitos: atingidos pela mineração e a luta por justiça nas reuniões da Rede de Acompanhamento Socioambiental (REASA) em Conceição do Mato Dentro/MG”

Comissão de Avaliação
Coordenação: Lucía Eilbaum
Membros: Robson Cruz e Deborah Bronz


Resultado do Prêmio Direitos Humanos 2014

Categoria Doutorado

1º Lugar (EMPATE)
Liliana Sanjurjo(Unicamp) / Orientadora: Bela Feldman Bianco
Los Juzga un Tribunal, Los Condenamos Todos”: Memórias e Verdades em Disputa nos Tribunais Argentinos”

Paula Mendes Lacerda (PPGAS-MN) / Orientadora: Adriana Vianna
“A nossa luta por justiça: violência, trajetórias de mobilização e a pesquisa antropológica contemporânea”

Menção honrosa
Miriam Alves de Souza (UFF) / Orientador: Paulo Gabriel Hilu da Rocha Pinto
“Gypsies ou Roma? Denominadores comuns e codificação política em Toronto”

Categoria Mestrado

1º Lugar (EMPATE)

Edimilson Rodrigues de Souza(UFES) / Orientadora: Celeste Ciccarone
“Donos da luta: Sacralização de lideranças camponesas e indígenas assassinadas em áreas de conflito fundiário”

Rebecca de F. Slenes(UNICAMP) / Orientadora: Guita Debert
“Direitos Humanos, Violência Contra a Mulher e Linguagens Religiosas: Negociação de Sentidos em uma ONG Marroquina”

Categoria Graduação

1º Lugar
Marlise Rosa (UFRRJ) / Orientador: Andrey Cordeiro Ferreira
“O uso estratégico dos direitos humanos para a criminalização da alteridade: a Lei Muwaji e a campanha contra o infanticídio indígena no Congresso Nacional”


Resultado do V Prêmio ABA/Ford de Direitos Humanos 2008

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Skip to content