Comitê de Relações Internacionais

Defenda as Populações Indígenas no Brasil!

URGENTE!
VIDAS INDÍGENAS IMPORTAM!
DEFENDA AS POPULAÇÕES INDÍGENAS NO BRASIL!
CHAMADA PARA APOIAR OS POVOS INDÍGENAS NO CONGRESSO BRASILEIRO

Rio de Janeiro, 25 de junho de 2021

As Associações de Antropologia signatárias unem as suas vozes aos líderes indígenas que protestam contra o avanço do Projeto de Lei PL 490/2007, agora em discussão no Congresso Brasileiro. Na quarta-feira, 23 de junho de 2021, este Projeto de Lei passou por uma barreira processual na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania; agora será considerado por toda a Câmara dos Deputados (Câmara dos Deputados) e, se aprovado, será considerado pelo Senado.

Leia aqui a íntegra da nota em português.
Leia aqui a íntegra da nota em inglês. 


NOTA PUBLICA CONTRA A VIOLÊNCIA E OS ATENTADOS AOS DIREITOS HUMANOS NA COLÔMBIA

A Associação Brasileira de Antropologia (ABA) vem se solidarizar com os colegas antropólogos, estudantes de antropologia, sociologia e outras ciências humanas colombianos criminalizados e ameaçados pelas ações das forças de seguranças e, se unir a centenas de organizações de direitos humanos, sociais, estudantis, meios de comunicação alternativos, associações, sindicatos de trabalhadores, movimentos de mulheres, camponeses, afrodescendentes e povos indígenas para denunciar as violações de direitos humanos cometidas pelas forças de segurança contra a população colombiana, uma constante desde o último dia 28 de abril, início de uma Greve Nacional. As notícias que chegam pelas redes sociais indicam que a situação dos direitos humanos na Colômbia é crítica, não há garantia de vida, integridade ou respeito ao livre exercício do direito de protesto e mobilização social. Em qualquer democracia é inaceitável o uso excessivo da força por parte do Estado. Há notícias preocupantes de um número considerável de vítimas de violência, inclusive de mortes.

A ABA vem a público para veementemente solicitar que os abusos por parte das forças de segurança sejam interrompidos de imediato e que a vida dos cidadãos e os direitos humanos sejam respeitados, assim como o direito de protesto e manifestação. Na atual conjuntura da pandemia, é particularmente urgente o aumento da cobertura na vacinação contra a COVID, particularmente entre os povos étnicos no país. Finalmente, há que deixar claro que a democracia é um valor supremo na América Latina e todos os seus governantes devem respeitá-la incondicionalmente.

Brasília, 03 de maio de 2021.

Associação Brasileira de Antropologia – ABA e seu Comitê de Assuntos Internacionais

Leia aqui a nota em PDF.


Relatório de atividades do Comitê de Assuntos Internacionais / Gestão 2017-2018

Leia mais


Relatório de atividades do Comitê de Assuntos Internacionais / Gestão 2015-2016

Leia mais

Endereço postal:

Caixa postal 04491
Brasília/DF
CEP: 70842-970

Endereço físico:

UNB - Campus Universitário Darcy Ribeiro - Asa norte
Prédio do ICS - instituto de Ciências Sociais
Térreo - Sala AT-41/29 - Brasília/DF
CEP: 70910-900

Contato:

Fale conosco
E-mail: aba@abant.org.br
Telefone: +55 (61) 3307 3754del>
  Celular: +55 (61) 98594-9104

Horário de funcionamento: De segunda a sexta-feira, de 09h às 17hs

© Copyright 2019 Associação Brasileira de Antropologia - Todos os direitos reservados. Por GB Criação de sites e Temas Wordpress

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support