Objetivos

O objetivo principal deste projeto é inserir e estimular o debate intelectual de novos problemas vinculados à antropologia brasileira e pertinentes à América Latina, aos países de língua portuguesa e à comunidade científica mundial.

Este é fundamental para o diálogo da ABA com outras congêneres em vários países, através de sua participação como membro fundador da WCAA. Este intercâmbio poderia também promover a continuidade das atividades iniciadas em parceria com agências financiadoras nacionais e estrangeiras, com as quais a ABA vem cooperando e recebendo inestimável apoio financeiro que permite sua crescente expansão e consolidação como associação científica há várias décadas.

Do ponto de vista nacional, os objetivos do projeto são múltiplos. Em primeiro lugar, a criação de uma plataforma para a divulgação da antropologia poderia fomentar as relações entre antropólogos, sociedade civil e Estado brasileiro, na formulação de políticas públicas, reconhecimento de direitos e acesso à justiça em áreas diretamente vinculadas à diversidade étnica, cultural e ambiental constitutivas da contemporaneidade.

Em segundo lugar, uma finalidade importante deste projeto é a promoção e a divulgação das pesquisas e estudos antropológicos sobre questões relativas aos conhecimentos e saberes tradicionais na perspectiva de trabalhar o pluralismo necessário ao Brasil pluriétnico e multicultural. Através da divulgação será possível fortalecer o apoio e as discussões relativas aos direitos humanos, saúde das populações, demarcação de terras de povos e populações etnicamente diferenciados, mobilidade e migrações, acesso à justiça, igualdade jurídica, ética na pesquisa, elaboração de laudos periciais nos processos administrativos e judiciais relacionados aos grupos junto aos quais os antropólogos trabalham.

A ampliação dos debates antropológicos contemporâneos e a comunicação do conhecimento produzido pela disciplina no Brasil, tanto com e para profissionais da área como com e para não-antropólogos, poderá incentivar o diálogo com as várias instâncias e agentes do Estado e a sociedade civil em prol de políticas públicas que promovam o respeito aos conhecimentos e saberes tradicionais em nome da diversidade e da pluralidade.

Enfim, do ponto de vista interdisciplinar, o projeto poderá fortalecer o diálogo dos estudos antropológicos com aqueles de disciplinas de várias áreas do conhecimento científico, para contribuir com a melhor compreensão das necessidades e demandas da população brasileira em toda a sua diversidade. Além da divulgação, o projeto será útil para construir uma base de dados finalizada a produção de artigos e vídeos relativos á historia da antropologia brasileira e o seu papel social, tanto no plano nacional quanto internacional.

Em particular, será interessante utilizar a multimídia para a construção de um discurso polifônico sobre alguns dos debates mais relevantes para a construção epistemológica e para o engajamento da antropologia no Brasil.

Endereço postal:

Caixa postal 04491
Brasília/DF
CEP: 70842-970

Endereço físico:

UNB - Campus Universitário Darcy Ribeiro - Asa norte
Prédio do ICS - instituto de Ciências Sociais
Térreo - Sala AT-41/29 - Brasília/DF
CEP: 70910-900

Contato:

Fale conosco
E-mail: aba@abant.org.br
Telefone: +55 (61) 3307 3754del>
  Celular: +55 (61) 98594-9104

Horário de funcionamento: De segunda a sexta-feira, de 09h às 17hs

© Copyright 2019 Associação Brasileira de Antropologia - Todos os direitos reservados. Por GB Criação de sites e Temas Wordpress

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support