Comitê Povos Tradicionais, Meio Ambiente e Grandes Projetos

Relatório de atividades do Comitê Povos Tradicionais, Meio Ambiente e Grandes Projetos / Gestão 2017-2018

Leia mais


A ABA e seu Comitê Povos Tradicionais, Meio Ambiente e Grandes Projetos subscreve documento que denuncia e confronta a campanha de estigmatização e criminalização dos Povos Indígenas na Argentina

Leia mais


Nota da ABA, e seu Comitê Povos Tradicionais, Meio Ambiente e Grandes Projetos, sobre o rompimento das Barragens de rejeito em Mariana, Minas Gerais

A Associação Brasileira de Antropologia (ABA) vem a público manifestar seu pesar e sua solidariedade a todas as vítimas, humanas e não humanas, do rompimento das barragens de rejeitos Fundão e Santarém em Mariana, Minas Gerais. Como associação científica cujas pesquisas se referem, em muitas situações, a comunidades atingidas por grandes empreendimentos minerários, vimos nos somar às vozes da sociedade brasileira que exigem a responsabilização das empresas envolvidas, Vale-BHP Billinton-Samarco, bem como cobrar a celeridade nas ações voltadas para o restabelecimento das vidas dos ecossistemas e comunidades atingidas. Lembramos, neste último caso, que não se trata apenas de indivíduos que perderam casas e propriedades, mas de coletividades que, ao longo da bacia do Rio Doce, assistem ao desaparecimento das condições que sustentavam suas práticas, usos e formas de viver. Enfatizamos a trágica situação das comunidades Paracatu de Baixo e Bento Rodrigues, sendo que essa última, soterrada, teve a especificidade do seu ser, fazer viver, bruscamente interrompida com esse incidente.

Leia mais


ABA assina Nota de Repúdio ao substitutivo do Deputado Mauro Pereira ao Projeto de Lei n.º 3.729/2004 – Licenciamento Ambiental

A Nota qualifica como um grave retrocesso ambiental projeto ruralista que pode ser votado.
Leia aqui a íntegra da Nota.


Relatório de atividades do Comitê Povos Tradicionais, Meio Ambiente e Grandes Projetos / Gestão 2015-2016

Leia mais


Manifestação contra os ataques às políticas destinadas às populações tradicionais

Associação Brasileira de Antropologia e seu Comitê Povos Tradicionais, Meio Ambiente e Grandes Projetos vem manifestar sua preocupação e total discordância diante das medidas que vem sendo tomadas, nas últimas semanas, pelo governo interino.
Leia a íntegra da nota aqui.


ABA assina Manifesto pela ética, qualidade técnica e participação social no licenciamento ambiental brasileiro

Leia mais


ABA participa de manifesto em apoio às vítimas da tragédia provocada pela Samarco

A tragédia ocorrida em Mariana (MG) – provocada pelo rompimento da barragem de Fundão da Mineradora Samarco – completa três meses. Entidades acadêmicas, associações profissionais e movimentos sociais de diversas áreas de atuação vêm a público chamar a atenção da sociedade brasileira para a importância de se acompanhar, com muita cautela e cuidado, todo e qualquer projeto de reconstrução para a “nova Bento Rodrigues”.  
Em um manifesto assinado por 21 instituições, os signatários do documento ressaltam que o processo de construção dessa nova localidade deve considerar, no mínimo, a equivalência das condições de vida existentes anteriormente à tragédia e que todas as decisões devem levar em consideração o desejo e a opinião da população afetada.
 No documento, os signatários defendem ainda que a definição da localização do novo assentamento, bem como a elaboração dos projetos urbanísticos e arquitetônicos, deve ser fruto de uma construção coletiva, em que a participação dos moradores seja totalmente assegurada.
O manifesto também destaca que é preciso dedicar atenção especial às populações ribeirinhas e demais moradores de áreas atingidas ao longo dos cursos de água impactados. Além disso, reforça que as obras devem ser custeadas pelas empresas responsáveis pela tragédia, mas que a gestão de todas as medidas deve ser feita pelo Estado. Segundo o documento, transparência e controle social são valores imprescindíveis nesse processo.
Confira aqui o manifesto na íntegra.


Nota da ABA, e seu Comitê Povos Tradicionais, Meio Ambiente e Grandes Projetos, sobre o rompimento das Barragens de rejeito em Mariana, Minas Gerais

A Associação Brasileira de Antropologia (ABA) vem a público manifestar seu pesar e sua solidariedade a todas as vítimas, humanas e não humanas, do rompimento das barragens de rejeitos Fundão e Santarém em Mariana, Minas Gerais. Como associação científica cujas pesquisas se referem, em muitas situações, a comunidades atingidas por grandes empreendimentos minerários, vimos nos somar às vozes da sociedade brasileira que exigem a responsabilização das empresas envolvidas, Vale-BHP Billinton-Samarco, bem como cobrar a celeridade nas ações voltadas para o restabelecimento das vidas dos ecossistemas e comunidades atingidas. Lembramos, neste último caso, que não se trata apenas de indivíduos que perderam casas e propriedades, mas de coletividades que, ao longo da bacia do Rio Doce, assistem ao desaparecimento das condições que sustentavam suas práticas, usos e formas de viver. Enfatizamos a trágica situação das comunidades Paracatu de Baixo e Bento Rodrigues, sendo que essa última, soterrada, teve a especificidade do seu ser, fazer viver, bruscamente interrompida com esse incidente.

Leia mais


ABA assina a Manifestação das Entidades Socioambientais, Sindicais e Acadêmicas do Projeto de Lei nº 2.946/2015

As entidades socioambientais, sindicais e acadêmicas, reunidas para analisar o Projeto de Lei nº 2.946/2015, de autoria do Governador Fernando Pimentel, encaminhado à Assembleia Legislativa em regime de urgência e publicado no Diário do Legislativo no dia 8/10/2015, decidiram se manifestar sobre o seu teor e a sua tramitação na Casa do Povo e Parlamento da Democracia.
Leia aqui a nota e seus signatários.


O Comitê Migrações e Deslocamentos da ABA manifesta-se sobre a última versão do anteprojeto de lei elaborado pela Comissão de Especialistas e que será enviado pelo Ministro da Justiça ao Congresso Nacional

Veja aqui a lei e aqui a manifestação crítica do Comitê.


Comitê Povos Tradicionais, Meio Ambiente e Grandes Projetos apoia a nota conjunta da Fiocruz, Abrasco e INCA

Leia aqui


Comitê Povos Tradicionais, Meio Ambiente e Grandes Projetos apoia a nota conjunta da Fiocruz, Abrasco e INCA

Uma verdade cientificamente comprovada: os agrotóxicos fazem mal à saúde das pessoas e ao meio ambiente.

Leia mais


Relatório de atividades do Comitê Povos Tradicionais, Meio Ambiente e Grandes Projetos / 2011-2012

Leia mais – Dez/12


Nota do Comitê Povos Tradicionais, Meio Ambiente e Grandes Projetos da ABA

Leia aqui a nota sobre a criminalização do Movimento Xingu Vivo para Sempre.


BeloMonteImg

Belo Monte

Acompanhe aqui todas as notícias sobre caso

Endereço postal:

Caixa postal 04491
Brasília/DF
CEP: 70842-970

Endereço físico:

UNB - Campus Universitário Darcy Ribeiro - Asa norte
Prédio do ICS - instituto de Ciências Sociais
Térreo - Sala AT-41/29 - Brasília/DF
CEP: 70910-900

Contato:

E-mail: aba@abant.org.br
Tel/fax: 0xx (61) 3307 3754
Horário de funcionamento: De segunda a sexta-feira, de 09h às 17hs

© Copyright 2018 Associação Brasileira de Antropologia - Todos os direitos reservados.

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support